HISTÓRIA:

Este prato é confecionado com a cabeça e o rabo do salmão. Partes menos nobres mas demasiado gostosas para que não se lhe tivesse arranjado uma confeção com boa aptidão gastronómica. Afinal um arrozinho a fugir vem sempre bem!... Até porque aqui por Valença somos grandes apreciadores das arrozadas!...

 

PREPARAÇÃO:

Cozer o salmão em água abundante temperada de sal com meia cebola, o alho-porro, a folha de louro e um pé de salsa. Retirar o salmão e deixar arrefecer, separar todos os bocados de salmão incluso aquelas partes gelatinosas, para mais tarde juntar ao arroz. Conservar a água da cozedura à qual juntamos todas as espinhas, deixar reduzir, conservando sempre o caldo necessário para ser utilizado no arroz.

Entretanto fazer um refogado com a cebola e o tomate, adicionar o caldo da cozedura, passado por um passador; quando levantar fervura juntar o arroz, retificar de sal e temperar com a rama de açafrão; quando o arroz estiver quase cozido juntar o salmão, mexer e se necessário juntar mais calda para que fique bem soltinho, espremer um pouco de sumo de limão e voltar a mexer, polvilhar com salsa ou coentros, conforme o gosto e servir fumegante. 

 

Ingredients

Directions

Arroz de salmão do rio Minho