HISTÓRIA:

Nesta receita vou seguir todo o ritual de preparação partindo desde o abate do peru, quem o adquirir já abatido deve ignorar este primeiro ponto.

Vamos embebedar o peru!...

Quando eu era miúdo embebedar o peru também era uma tradição!... Pouco a pouco com a ajuda de uma pequena garrafa vamos dando a beber ao peru aguardente “bagaço” em tragos curtos para que não abafe, repetindo esta operação com algum espaço de tempo; quando nos apercebemos que os passos são trôpegos e cambaleantes o bicho está devidamente anestesiado; esperamos cerca de 30 minutos, para que goze um pouco da sua embriaguez. Segundo reza a tradição, isto tem como finalidade garantir o relaxamento dos seus músculos e o amolecimento da carne, tornando-a com este segredo popular mais saborosa. Posto isto precedemos à sangra e de seguida à depena. Guardamos pelo menos 24 horas em lugar fresco e aproveitamos os miúdos, “fígado e moela”.

 

MARINADA INGREDIENTES:

·         1 litro de vinho branco

·         7 cl de Azeite virgem

·         1 cebola grande

·         4 folhas de louro

·         1 ramo de salsa

·         Pimenta em grão

·         1 cenoura

·         1 cabeça de alho

·         Raspa de noz-moscada

·         Um pouco de açafrão em rama 

·         4 cabeças de cravinho da Índia

·         Sal q.b.

 

PREPARAÇÃO DA MARINADA:

Picar todos os ingredientes, adicionar o sal necessário e juntar ao vinho. A isto chamamos marinada. Esfregar muito bem o peru, também o interior com esta marinada, deixando repousar pelo menos 12 horas. Retirar e proceder ao processo de recheio.

 

RECHEIO INGREDIENTES:

·         1 cebola grande muito bem picada

·         2 dentes de alho muito bem picados

·         1 folha de louro

·         Pimenta de moinho q.b.

·         Azeite extra virgem

·         100 gr manteiga

·         Sal q.b.

·         750 gr de carne de vitela

·         200 gr de chouriço

·         100 gr de presunto

·         50 gr de pinhões

·        50 gr de uvas passas

 

RECHEIO PREPARAÇÃO:

Faz-se um refogado, quando a cebola tiver uma cor cristalina juntar a carne de vitela e os miúdos do peru tudo muito bem picado e juntar 6 voltas com o moinho de pimenta; temperar com metade do sal necessário e adicionar um pouco do vinho da marinada; deixar refogar em lume médio com o tacho tapado, mexendo com regularidade cerca de 10 minutos; adicionar o chouriço e o presunto também muito bem picados, deixando refogar mais 10 minutos; de seguida juntar os pinhões e as uvas passas, retirar do fogo e deixar repousar; finalmente juntar a manteiga e com a ajuda de uma colher de pau misturar tudo muito bem.

 

MONTAGEM DO PERU PARA IR AO FORNO:

Pegamos o peru e pouco a pouco vamos introduzindo todo o recheio no seu interior até ficar bem cheio; de seguida coser com agulha e fio de bela, atando as pernas para que não se deforme; montar em tabuleiro de ir ao forno com tudo o que nos sobrou da marinada; levar ao forno e de vez em quando regar com o molho; a meio de assar ladear com batatas torneadas e temperadas de meio sal, que com a ajuda de uma colher devemos mexer com alguma frequência para que fiquem todas assadas por igual.

Servir com cenoura e grelos cozidos, podendo também ser acompanhado com arroz de forno.

 

RECOMENDAÇÃO:

Se o peru for comprado em supermercado já morto, recomendo que se introduza a seguinte modificação: antes de se proceder ao recheio, com a ajuda de uma seringa injetar o peru com vinho do Porto branco seco, o resultado é surpreendente.

 

Ingredients

Directions

Peru assado para a consoada como se faz em Valença